Your address will show here +12 34 56 78
Curso Programador de Informática, Cursos, Raul Dória
Curso Programador de Informática visita FEUP é a notícia que hoje temos o prazer de trazer.

No passado dia 28 de fevereiro os alunos do 10º e 11º ano do Curso Profissional Programador de Informática realizaram uma visita de estudo à Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) ficando a conhecer o Departamento de Engenharia Informática, um dos laboratórios e terminando com uma visita guiada ao campus.

A visita teve início no auditório com o professor Nuno Flores que fez uma apresentação soberba sobre a Licenciatura em Engenharia Informática, motivando os nossos alunos a prosseguir os seus sonhos e demonstrando o mundo de oportunidades que o mundo da programação oferece.


Seguidamente tivemos o prazer de conversar com dois alunos que estudam na FEUP, um aluno do 1º ano da Licenciatura em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores e outro aluno do 5º ano da Licenciatura em Engenharia Informática. A conversa com estes dois estudantes foi uma forma de ficarmos a conhecer o mar de oportunidade que esperam os nossos alunos após a conclusão do Curso Profissional Programador de Informática.

A visita guiada pelo campus da FEUP permitiu conhecer novos estudantes e entender como a universidade está organizada e o que oferece aos nossos alunos quer a nível de lazer quer a nível de oportunidades.

Um dos grandes momentos foi conhecer um dos laboratórios. Tivemos direito a uma explicação real sobre uma investigação que envolve drones e ficou a vontade de nos envolvermos em projetos reais e estimulantes.


Esta visita de estudo à FEUP foi uma das primeiras que a Diretora de Curso, Erica Marques, pretende organizar para o Curso Programador de Informática. De acordo com a professora Erica


 “Numa altura em que cada vez mais nos chegam alunos a procurar o Curso Profissional Programador de Informática com objetivos concretos quer de ingressar no mercado de trabalho quer de prosseguir estudos, é fundamental proporcionar oportunidades que permitam aos alunos conhecer o que poderão fazer após a conclusão do Curso. O Curso Programador de Informática oferece um leque de opções imensas, e é nosso dever mostrar aos alunos que têm um futuro promissor à sua espera.”



Terminámos a nossa notícia relembrando que se encontram abertas as pré-inscrições!

Para quem tem o 9º. ano completo, menos de 20 anos e sonha desvendar os segredos por trás dos códigos e contribuir para o desenvolvimento de soluções inovadoras, tem aqui a oportunidade de se inscrever no Curso Profissional Programador de Informática.


É este o Curso que procuras?
Faz já a tua
INSCRIÇÃO







 






0

Concursos, Curso Programador de Informática, Curso Técnico de Informática de Gestão, Cursos
Os alunos da Escola Profissional Raul Dória voltam a entrar no TOP do Bebras – O Desafio Internacional de Pensamento Computacional! 

O 1º período do ano letivo 2023/ 2024 na Escola Profissional Raul Dória foi marcado por um grande sucesso na competição internacional Bebras, que visa desenvolver o pensamento computacional. Os alunos da EPRD destacaram-se mais uma vez, colocando quatro deles no TOP 10% e  quinze alunos no TOP 25%.

Estas conquistas demonstram a qualidade do ensino e o compromisso da escola em promover o pensamento computacional entre os seus alunos.

A professora responsável pela implementação do Bebras, Erica Marques, destaca:

“É da máxima importância oferecer aos nossos alunos uma formação profissional robusta e incentivar a participação em competições que estimulem o raciocínio lógico e a resolução de problemas.”

O Bebras é dinamizado na Escola Profissional Raul Dória há 3 anos, em particular nos cursos Programador/a de Informática e Técnico/a de Informática de Gestão. Este ano letivo, alargou-se a competição aos Cursos Técnico/a de Contabilidade e Técnico/a de Organização de Eventos, por forma a envolver cada vez mais os cursos em desafios que incentivem o raciocínio computacional e a resolução de problemas.

Concorremos em duas categorias:

Juniores: para os alunos do 9º e 10º ano;

Seniores: para os alunos do 11º e 12º ano.


Resultados da EPRD no Bebras:

Estes resultados deixam a Escola Profissional Raul Dória orgulhosa e com motivação para continuar a afirmar o seu compromisso com um ensino de qualidade que cada vez mais assenta em oferecer oportunidades nacionais e internacionais aos seus alunos.


A Edição 2023 do Bebras:



Esta sexta edição do Bebras contou com 104737 alunos a participar.


No total participaram 638 escolas de 25 distritos/regiões, incluindo alunos de Angola, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor – Leste.

Em Portugal, o Bebras é fruto da colaboração entre a TreeTree2 e o Departamento de Ciência de Computadores da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (DCC/FCUP).

Como parceiros/ patrocinadores, o Bebras conta com a Deloitte e a Fundação Calouste Gulbenkian.

Este ano, o Bebras foi dinamizado pela turma do 11º ano do Curso Programador/a de Informática que criaram uma página de apoio que pode ser encontrada aqui.

Para o ano estaremos de volta, preparados a participar na sétima edição!
0

Curso Programador de Informática, Cursos, Workshops
Curso Programador/a de Informática dá os primeiros passos no mundo da programação de jogos no Unity.

Este workshop foi ministrado pela Happy Code, como resultado do contato da Diretora do Curso, Erica Marques.

O objetivo do workshop foi ensinar aos alunos os conceitos básicos de criação de jogos usando a plataforma Unity. Durante o workshop, os alunos aprenderam a criar jogos simples usando as ferramentas disponíveis no Unity. 




Mas afinal o que é o Unity?



Programar em Unity é uma das atividades mais fascinantes e desafiadoras que qualquer “game developer” pode experimentar.

O Unity é uma plataforma de desenvolvimento de jogos em 3D e 2D usada por “game developers” em todo o mundo para criar jogos incríveis para uma variedade de plataformas.

Programar em Unity envolve escrever códigos em C# que irão interagir com vários elementos do jogo, como personagens, objetos e cenários. Esses códigos podem ser usados para criar comportamentos diferentes para esses elementos, como movimento, interação com o jogador e muito mais.

Uma das maiores vantagens de programar em Unity é a sua flexibilidade. Ele oferece aos “game developers” uma grande variedade de ferramentas e recursos que tornam o desenvolvimento de jogos mais fácil e eficiente. A plataforma também oferece uma grande comunidade de desenvolvedores que podem ajudar a responder dúvidas e resolver problemas e disponibiliza certos recursos para customização.

No entanto, programar em Unity também pode ser desafiador. Isso ocorre porque o desenvolvimento de jogos exige uma compreensão aprofundada de matemática, física, design gráfico e, principalmente, programação. É necessário ter uma compreensão sólida de conceitos básicos de programação, como variáveis, loops, condicionais e OOP (Programação Orientada a Objetos).

Além disso, é essencial entender a programação de jogos em geral. É preciso compreender conceitos como inteligência artificial, animação, interação com o jogador, além de som, design e desenvolvimento de narrativas, para que se obtenha um jogo incrível e envolvente.

De acordo com Erica Marques, Diretora do Curso de Programador/a de Informática,




“Trazer um workshop de desenvolvimento de jogos no Unity é uma oportunidade incrível para que os alunos possam expandir as suas competências de programação e entender como criar jogos envolventes e divertidos.
A criação e desenvolvimento de jogos é uma das áreas mais promissoras atualmente, pelo que acho extremamente pertinente ser dada aos alunos a possibilidade de aprender a programar em Unity. É importante ressalvar que a área da programação de jogos requer um investimento significativo em termos financeiros, em especial para escolas que, muitas vezes, têm um orçamento limitado. Portanto, a realização deste workshop representa um grande passo e um esforço conjunto da Direção da Escola, dos alunos e seus encarregados de educação. É fundamental que haja esta conjugação de esforços para que os alunos possam  desenvolver ainda mais novas novas e adquiram conhecimentos que serão fundamentais para o seu futuro profissional. Trazer oportunidades novas para os alunos implica uma articulação entre todos os envolvidos.”

 

 

0

Curso Programador de Informática, Cursos

Curso Profissional Programador de Informática continua a ser uma das grandes apostas da Escola Profissional Raul Dória pelo segundo ano consecutivo, sendo um dos cursos mais procurados.


Quem é o Programador de Informática?


O Programador/a de Informática é o profissional qualificado e apto a efetuar a análise de sistemas, a gestão de base de dados, desenvolver aplicações e proceder à instalação e manutenção de equipamentos e aplicações informáticas de escritório, utilitários e de gestão, assegurando a otimização do seu funcionamento.

Este curso tem a duração de 3 anos e dupla certificação: 12º ano de escolaridade + Certificado Profissional Nível 4.

 

 

O que faz um Programador de Informática?

O programador de informática  escreve códigos que se tornam comandos/instruções para um computador. Esses comandos são traduzidos para a linguagem da máquina e geram um fluxo de funcionamento, de acordo com o objetivo desejado.
O programador é responsável por transformar ideias em realidade.
De referir ainda que na área da programação há preocupação com a experiência da pessoa usuária e com a segurança dos dados.

 

Quais as funções de um Programador de Informática?

– Identificar e selecionar os diferentes equipamentos e aplicações informáticas adequadas.

– Utilizar os equipamentos e tecnologias para aplicações informáticas de acordo com os produtos a desenvolver.

– Aplicar as técnicas de instalação, configuração e manutenção de computadores e periféricos.

– Aplicar as técnicas de instalação, configuração e manutenção de sistemas operativos e utilitários.

– Aplicar as técnicas de instalação e administração de redes locais.

– Aplicar as aplicações informáticas de escritório.

– Aplicar as técnicas de processamento computacional.

– Aplicar as técnicas de análise de sistemas de informação.

– Aplicar as técnicas de gestão de base de dados.

– Identificar e selecionar as linguagens de programação adequadas.

– Utilizar as principais metodologias e técnicas de desenvolvimento de software.

-Selecionar as técnicas de programação informática em função dos produtos a desenvolver.

– Aplicar as técnicas de programação de aplicações informáticas de gestão.

– Aplicar as técnicas de programação de aplicações cliente-servidor.

-Aplicar as técnicas de programação de aplicações WEB.

– Aplicar as técnicas de programação de aplicações orientadas a serviços (SOA).

– Produzir relatórios estatísticos de dados.

– Aplicar as técnicas de programação de aplicações com ligação a bases de dados.

– Criar testes aplicacionais utilizando diferentes metodologias.

– Aplicar os procedimentos de qualidade e segurança de sistemas informáticos.

– Aplicar as normas de ambiente, segurança e saúde no exercício da sua atividade profissional.



Ainda não sabes se este é o curso adequado para ti?
Então consulta a nossa página do Curso Programador de Informática!

 

Quais as saídas profissionais do Curso Programador de Informática?

 

– Empresas de desenvolvimento de software.

– Empresas de segurança informática (Cibersegurança)

– Empresas de desenvolvimento de jogos.

– Empresas de desenvolvimento Web e Apps. Softwares House.

 

 

Que benefícios tens ao estudares no Curso Profissional Programador de Informática?

 

– Bolsa de material;

– Subsídio de alimentação;

– Bolsa de profissionalização;

– Subsídio de transporte;

– Seguro de acidentes pessoais;

– Estágio em empresa do setor;

– Qualificação profissional certificada;

– Acesso direto ao ensino superior;

– Participação em projetos Erasmus+.

 

É este o Curso que procuras?
Faz já a tua inscrição!

0

Curso Programador de Informática, Inscrições

Considerados os profissionais mais disputados atualmente pelas empresas, os Programadores de Informática têm ótimas perspetivas de empregabilidade e salário.

Saber programar é o futuro! Atualmente as empresas encontram-se numa corrida contra o tempo, tentando adaptar-se à transformação digital, tentando automatizar processos e adotar novas aplicações que solucionem e otimizem os seus problemas diários. Por essa razão, um dos cursos com futuro garantido é o de Programador Informático.

 

Além deste cenário favorável e promissor, não podemos esquecer a questão salarial! O nosso país tem vindo a ser escolhido por várias empresas mundiais, o que resulta no facto de a procura por um programador informático ser maior que a oferta. Ora isto leva à garantia de um salário acima da média.


De acordo com o website pt.talent.com



“O salário médio de programador em Portugal é de € 20,000 anuais ou € 10.26 por hora. As posições de nível inicial começam nos € 14,879 anuais, enquanto que os trabalhadores mais experientes podem chegar a ganhar € 30,000 anuais.”

 

 

O que faz um Programador de Informática?

 

O Programador Informático, escreve códigos que se tornam comandos/instruções para um computador. Esses comandos são traduzidos para a linguagem da máquina e geram um fluxo de funcionamento, de acordo com o objetivo desejado. Esse conjunto de instruções dão origem ao desenvolvimento de diferentes aplicações informáticas.

 

 

 

Quais as atividades principais de um Programador de Informática?

 

– Identificar e selecionar os diferentes equipamentos e aplicações informáticas adequadas.

– Utilizar os equipamentos e tecnologias para aplicações informáticas de acordo com os produtos a desenvolver.

– Aplicar as técnicas de instalação, configuração e manutenção de computadores e periféricos.

– Aplicar as técnicas de instalação, configuração e manutenção de sistemas operativos e utilitários.

– Aplicar as técnicas de instalação e administração de redes locais.

– Aplicar as aplicações informáticas de escritório.

– Aplicar as técnicas de processamento computacional.

– Aplicar as técnicas de análise de sistemas de informação.

– Aplicar as técnicas de gestão de base de dados.

– Identificar e selecionar as linguagens de programação adequadas.

– Utilizar as principais metodologias e técnicas de desenvolvimento de software.

– Selecionar as técnicas de programação informática em função dos produtos a desenvolver.

– Aplicar as técnicas de programação de aplicações informáticas de gestão.

– Aplicar as técnicas de programação de aplicações cliente-servidor.

– Aplicar as técnicas de programação de aplicações WEB.

– Aplicar as técnicas de programação de aplicações orientadas a serviços (SOA).

– Produzir relatórios estatísticos de dados.

– Aplicar as técnicas de programação de aplicações com ligação a bases de dados.

– Criar testes aplicacionais utilizando diferentes metodologias.

– Aplicar os procedimentos de qualidade e segurança de sistemas informáticos.

– Aplicar as normas de ambiente, segurança e saúde no exercício da sua atividade profissional.


 

 

Quais as características principais de um Programador de Informática?

 

– Ter um bom raciocínio lógico;

– Ter um bom sentido prático;

– Ter uma boa capacidade de comunicação;

– Ter paciência;

– Ter uma boa capacidade de resiliências;

– Ter gosto em aprender e curiosidade.





Em que áreas pode trabalhar um Programador de Informática?

 

– Hospitalar;

– Industrial;

– Comercial;

– Recursos Humanos;

– Financeira;

– Tecnologia;

– Comunicação;

– Marketing Digital;

– Cinematográfica;

– Segurança Digital, etc




O Curso de Programador de Informática na Raul Dória


Para saberes mais sobre o Curso Programador de Informática na nossa Escola podes consultar a página do Curso aqui.

Podes ainda visualizar o vídeo que os alunos do 1º ano do Curso Programador de Informática realizaram!




 

Por isso, se procuras um curso com futuro e com uma elevada taxa de empregabilidade, que te confere habilitações que te proporcionarão uma carreira promissora, inscreve-te já no Curso Profissional Programador de Informática!

Dá asas ao teu futuro!

 

 

0

Concursos, Curso Programador de Informática, Raul Dória
A Escola Profissional Raul Dória (EPRD) participa na iniciativa Sitestar.pt da DECOJovem com a parceria do .PT.

O objetivo da iniciativa Sitestar.pt é promover o desenvolvimento de competências digitais incentivando os jovens a criar sites com conteúdos digitais nas suas áreas de interesse para uma cidadania mais ativa e mais inclusiva. Neste contexto, os alunos do primeiro ano do Curso Programador de Informática abraçaram esta oportunidade e submeteram as suas propostas.

Os projetos que os alunos do Curso Programador de Informática apresentaram nesta primeira fase, inserem-se nas seguintes categorias:
    – Categoria 1: Escola mais Digital;
    – Categoria 2: Faz a Diferença;
    – Categoria 4: Escola + Sustentável.

Por forma a tornarem as suas propostas mais viáveis e coesas os alunos tiveram a iniciativa de ir em busca de parcerias para os seus projetos. De entre as parcerias em curso, estão confirmadas as seguintes:

    – Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCEUP);
    – ECOnnect Portugal.


Mas afinal em que consiste a iniciativa Sitestar.pt?

A iniciativa Sitestar.pt tem como objetivo promover o desenvolvimento de competências digitais incentivando os jovens a criar sites com conteúdos digitais nas suas áreas de interesse. As equipas que apresentem o seu projeto podem ganhar um domínio .pt para contruir o seu site com validade para 1 ano. 

Existem 2 escalões:
Escalão 1 – Alunos com idades entre os 13 e os 15 anos e/ou a frequentar o 8º e 9º ano letivos.
Escalão 2 – Alunos com idades entre os 15 e os 18 anos a frequentar o ensino secundário regular, profissional e de aprendizagem. 


Em que consistem as categorias a que a Raul Dória se candidata?

Os alunos do Curso Programador de Informática concorrem em três categorias que são descritas da seguinte forma no Sitestar.pt:

Categoria 1 | Escola mais Digital
Contempla a criação de sites sobre os diferentes saberes, experiências e trabalhos realizados em contexto escolar com a participação dos alunos, como por exemplo: − Sites de trabalhos das disciplinas e projetos específicos; − Sites de clubes escolares; − Sites dos media na escola (plataforma online do jornal online, rádios e canais de televisão); − Sites oficiais das Associações de Estudantes.

Categoria 2 | Faz a diferença!
Contempla a criação de sites que divulguem iniciativas de voluntariado e inclusão social onde os jovens se encontrem envolvidos e desenvolvidos a partir da Escola ou na sua comunidade, como por exemplo: − Sites de ações de voluntariado com crianças, idosos, população vulnerável, animais, etc. − Sites de iniciativas de inclusão social.


Categoria 4 | Escola + Sustentável
Contempla a criação de sites que promovam o aumento de conhecimento deste tema na comunidade educativa como, por exemplo: Sites de desafios escolares sobre temática da sustentabilidade promovidos pelos alunos e aplicados em contexto escolar; Sites a divulgarem boas práticas ambientais e de bem-estar; Sites sobre as temáticas da escassez de água e eficiência energética.

Quais são os prémios?


1º Lugar – Equipamento tecnológico no valor aproximado de €400 para cada elemento da equipa.
2º Lugar – Equipamento tecnológico no valor aproximado de €200 para cada elemento da equipa. 
3º Lugar – Equipamento tecnológico no valor aproximado de €100 para cada elemento da equipa. 

Agora temos de esperar para ver se passamos à 2ª fase!

Estamos a torcer por todos! ?
0