Your address will show here +12 34 56 78
Sem categoria

No dia 7 de fevereiro, toda a Comunidade Escolar teve direito a uma pequena formação dada pela Lipor.

 

O que é a Lipor?

 

A Lipor – Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto – é a entidade responsável pela gestão, valorização e tratamento dos Resíduos Urbanos produzidos pelos oito municípios que a integram: Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Valongo e Vila do Conde.

 

Sustentada nos modernos conceitos de gestão de resíduos urbanos, que preconizam a adoção de sistemas integrados e a minimização da deposição de resíduos em aterro, a Lipor desenvolveu uma estratégia integrada de valorização, tratamento e confinamento dos resíduos urbanos, baseada em três componentes principais: Valorização Multimaterial, Valorização Orgânica e Valorização Energética, completadas por um Aterro Sanitário para receção dos rejeitados e de resíduos previamente preparados.

 

Serviço de Intervenção Ambiental Customizado (SIAC)

 

A Lipor tem um projeto intitulado Serviço de Intervenção Ambiental Customizado (SIAC) que visa a criação de hábitos de reciclagem junto de entidades públicas ou privadas de cariz social, educativo ou empresarial, tais como escolas, hospitais, entre outros organismos.

 

Este projeto que teve o seu início em 2019, pretende simultaneamente promover a adoção de boas práticas tocando assim em temáticas ambientais, comportamentais, de cidadania participativa e de responsabilidade social.

 

Numa primeira fase a Lipor realizou uma visita às nossas instalações com o intuito de perceber quais os nossos hábitos de reciclagem, para posteriormente sugerir alterações de metodologia.

 

Rumo à Sustentabilidade

 

Com o intuito de atuar de uma forma sustentada e focada na otimização e gestão de resíduos urbanos ou equiparados, a Lipor colocou em todas as salas de aula sacos amarelos e sacos azuis, tendo sido explicado aos alunos que o objetivo era diminuir o lixo comum e aumentar os sacos próprios para reciclagem.

 

Nos pisos comuns da nossa Escola, dispomos de depósitos próprios para colocar o vidro e, para depositar as pilhas, foram criados pontos estratégicos, como a sala de professores. Também nos foi explicado que a recolha de tampinhas é valorizada, uma vez que o valor é convertido em material ortopédico.

 

Relativamente à recolha seletiva de resíduos recicláveis, foi-nos explicado que existe o Projeto: Ecofone (iniciado em junho de 2000), que oferece um serviço de recolha em dia e hora a acordar.

 

Por agora, todos iremos tentar cumprir a “missão” que a Lipor nos atribuiu!

0