Your address will show here +12 34 56 78
Erasmus

A Escola Profissional Raul Dória celebrou, pelo terceiro ano consecutivo, o ErasmusDays, evento que tem como objetivo divulgar e promover os projetos de mobilidade internacional em curso na escola. Este ano, a organização esteve a cargo das professoras Erica Marques e Maria Juraci Sousa e da turma do 11º ano do Curso Técnico de Comércio.

O ErasmusDays é uma iniciativa que tem como objetivo celebrar o programa Erasmus+, um programa da União Europeia que visa promover a mobilidade de alunos, professores e outros profissionais da educação entre países europeus. Este programa permite aos participantes adquirirem novas competências e conhecimentos em contextos culturais e sociais diferentes, e proporciona-lhes uma formação mais abrangente e completa.

Na Escola Profissional Raul Dória, os projetos de mobilidade internacional são uma das principais apostas da escola, que tem vindo a desenvolver diversas parcerias com escolas e instituições de outros países europeus. Estas parcerias permitem aos alunos da escola participar em projetos inovadores e desafiantes, que lhes permitem aplicar os conhecimentos e as competências adquiridas ao longo da sua formação.

Durante os ErasmusDays, foram realizadas diversas atividades, como sessões de informação sobre os projetos em curso na escola, apresentação de criações dos alunos e testemunhos de ex-alunos. Estas atividades foram organizadas pelos próprios alunos, com a ajuda dos professores e outros profissionais da escola.


O evento contou com uma série de atividades que destacaram a importância do programa Erasmus+ na formação dos alunos da escola. Uma das atividades mais interessantes do ErasmusDays foi a elaboração de um mural pela turma do 11º ano do Curso Técnico de Contabilidade, que permitiu reviver os momentos do Erasmus em que os alunos realizaram um estágio de dois meses em Jerez de la Frontera. Também a turma do 10º ano do Curso Técnico de Turismo nos brindou com as boas vindas ao ErasmusDays em diferentes idiomas.


Outra atividade que se destacou foi a realização de um vídeo pelos alunos do 11º ano do Curso Técnico de Comércio e do 10º ano do Curso Programador de Informática. O vídeo tinha como mote “o que não deixarias de levar na tua mala Erasmus?” e proporcionou momentos de diversão e descontração aos participantes do evento.





Além disso, o evento contou com a presença dos ex-alunos Luís Aníbal e Francisco Gomes, do Curso Técnico de Organização de Eventos, que deram um testemunho incrível sobre a sua experiência em Erasmus. Os ex-alunos partilharam as suas experiências, desafios e aprendizagens, e inspiraram os alunos atuais a seguir os seus passos e a aproveitarem as oportunidades oferecidas pelo programa Erasmus+.



Mas as surpresas do ErasmusDays não terminaram por aqui. O evento contou ainda com a presença de um convidado de honra, José Carlos Bronze, que explicou em que consiste o programa Erasmus+ e inspirou os alunos a abrirem horizontes, mostrando-lhes as diferentes oportunidades oferecidas pelo Erasmus.


José Carlos Bronze é sociólogo, bolseiro de investigação FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia no Centro de Investigação e Intervenção Educativas da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto, onde frequenta o Programa Doutoral em Ciências da Educação. Trabalha desde 1997 como gestor e avaliador de projetos europeus de Educação e Formação em todos os setores de Educação e ainda em Juventude e Desporto. Integra desde 2013 a bolsa de avaliadores da “Agência Nacional Erasmus+ Educação e Formação”.
Os seus atuais interesses de investigação incidem sobre os efeitos do Programa Erasmus+ no Ensino Profissional, bem como os temas da inclusão e diversidade.

Os projetos de mobilidade internacional são uma forma eficaz de preparar os alunos para um mercado de trabalho cada vez mais global e exigente, e de lhes proporcionar uma formação mais abrangente e completa. A Escola Profissional Raul Dória está de parabéns pela sua aposta nos projetos de mobilidade internacional e pela sua preocupação em preparar os seus alunos para o futuro.

Os projetos de mobilidade internacional são cada vez mais importantes no mundo globalizado em que vivemos. Estes projetos permitem aos alunos adquirirem novas competências e conhecimentos em contextos culturais e sociais diferentes, o que é essencial para se tornarem profissionais mais completos e preparados para enfrentar os desafios do mercado de trabalho.
Além disso, a mobilidade internacional permite aos alunos expandirem os seus horizontes e conhecerem outras culturas e realidades. Esta experiência é fundamental para o seu desenvolvimento pessoal e profissional, uma vez que lhes permite ganhar uma perspetiva mais ampla do mundo e das complexidades que envolvem as diferenças culturais e sociais.

O programa Erasmus+ é, sem dúvida, uma das melhores iniciativas para promover a mobilidade internacional e para proporcionar aos alunos uma formação mais abrangente e completa. Este programa oferece uma ampla variedade de oportunidades, desde estágios a cursos de formação, para alunos, professores e outros profissionais da educação. Os projetos realizados no âmbito do programa Erasmus+ são uma forma eficaz de preparar os alunos para um mercado de trabalho cada vez mais exigente e globalizado.

Em suma, o ErasmusDays na Escola Profissional Raul Dória foi um sucesso e demonstrou a importância do programa Erasmus+ na formação dos alunos da escola. Este evento é uma oportunidade única para os alunos conhecerem outras culturas e realidades, e para se familiarizarem com a língua e a cultura dos países parceiros. Além disso, os projetos de mobilidade internacional são uma forma eficaz de preparar os alunos para um mercado de trabalho cada vez mais global e exigente, e de lhes proporcionar uma formação mais abrangente e completa.

A Escola Profissional Raul Dória está de parabéns pela sua aposta nos projetos de mobilidade internacional e pela sua preocupação em preparar os seus alunos para o futuro.

0

Erasmus
No mês de março, os nossos alunos e professores rumaram à Catânia (Itália) no âmbito do projeto Erasmus Partages d’lci et d’Ailleurs. A experiência foi enriquecedora pois permitiu conhecer outras realidades, trabalhar com outras culturas e praticar línguas estrangeiras.
De forma a permitir que toda a comunidade escolar conhecesse com mais detalhe esta experiência, as professoras responsáveis pelo projeto, juntamente com os seus alunos, criaram o “Erasmus Diary”. Este jornal online vai dar a conhecer as vivências das diferentes mobilidades pela voz de quem as experiencia e inspire os próximos alunos a participarem nos próximos projetos Erasmus. 

Consulta o Erasmus Diary aqui.
0

Erasmus

No âmbito do projeto Erasmus+ intitulado “Partages d´Ici et d´Ailleurs” que tem como língua oficial o Francês, os nossos alunos das turmas de Francês terão a oportunidade de realizar duas mobilidades no início do próximo ano.

 

 

O projeto Partages d´Ici et d´Ailleurs

 

O projeto intitulado Partages d´Ici et d´Ailleurs (Ka2; Projeto nº 2019-1-FR01-KA229-062231_1) tem como língua oficial o Francês e encontra-se a ser desenvolvido desde o ano letivo 2019/2020, período durante o qual as quatro escolas implementarão atividades orientadas para a análise e avaliação da imigração e a sua integração em sociedades culturalmente complexas e plurais a partir da experiência dos seus alunos.

Estes encontros articulam o desenvolvimento do projeto e proporcionam o intercâmbio de experiências presenciais entre professores e alunos das escolas participantes.

 

 

Mobilidades

 

Para o presente ano letivo estão previstas duas mobilidades para 8 alunos que frequentem a disciplina de Língua Francesa, nomeadamente:

1ª Mobilidade: Itália no período de 6 a 12 de fevereiro de 2022;

2ª Mobilidade: França no período de 1 de março a 9 de março de 2022.

 

 

Seleção dos alunos participantes

 

0 perfil dos participantes envolvidos é avaliado e definido de acordo com a tipologia do projeto aprovado em candidatura, sendo que apenas são candidatos os alunos que frequentem a disciplina de Língua Francesa.

As premissas a ter em conta no processo de seleção são várias, nomeadamente:

  1. Alunos que devido ao contexto familiar, social ou económico estejam impedidos de, autonomamente, realizarem qualquer viagem;

  2. Alunos com maturidade, perfil e capacidade de adaptação a projetos do tipo Erasmus+;

  3. Alunos que colaboram ativamente nas atividades extracurriculares da escola;

  4. Alunos com bom nível e fluência de língua francesa.

Importa ressalvar que não são admitidos neste projeto alunos com registo de ocorrências disciplinares.

 

 

Atividades e Prazos

 

Serão efetuadas atividades de preparação em dia e hora a designar que têm como objetivo o envolvimento e a criação de condições para que a mobilidade dos alunos seja o melhor possível, quer a nível pessoal, profissional e cultural.

 

De acordo com a informação já disponibilizada aos alunos que cumprem os requisitos para poder participar neste projeto Erasmus+, relembramos os seguintes prazos:

 

Até 2 de novembro de 2021: Preenchimento da inscrição através do formulário para o efeito e entrega da ficha de autorização de participação no projeto assinada pelo encarregado de educação.

 

Até dia 12 de novembro de 2021: Envio da carta de motivação e curriculum vitae.

 

Até dia 19 de novembro de 2021: Prova escrita e oral de Língua Francesa, em dia a anunciar;

 

Primeira semana de dezembro: Publicitação dos selecionados.

0

Trabalhos Escolares

Os alunos do 1º ano do Curso Técnico de Organização de Eventos aceitaram mais um desafio, e na UFCD: Utilitários de Apresentação Gráfica, lecionada pela professora Erica Marques, resolveram criar logotipos, cartões de visita e brindes para quando a nossa Escola receber estudantes de Erasmus+.

 

Foi fundamental a ajuda da professora de Inglês, Daniela Martinho, na elaboração do logotipo.

 

Este resultado não teria sido possível sem a colaboração da Mar Digital que deu uma aula aos nossos alunos sobre “Como criar um plano de comunicação para eventos?“. A inspiração foi imediata e após esta sessão, os alunos aplicaram os conhecimentos adquiridos no desenvolvimento desta atividade.

 

Os trabalhos foram apresentados com recurso ao Book Creator, uma nova ferramenta que os alunos tiveram oportunidade de conhecer e explorar, estimulando o trabalho colaborativo!

 

Apresentamos de seguida alguns dos trabalhos realizados pelos alunos:

 

Trabalho realizado por: Beatriz Sousa e Francisco Gomes

 

[dflip id=”1924″][/dflip]

 

 

Trabalho realizado por: Clara Ferreira e Inês Camilo

 

[dflip id=”1926″][/dflip]

 

 

Trabalho realizado por: Fábio Aboim e Luís Aníbal

 

[dflip id=”1928″][/dflip]

0

Erasmus

No presente ano letivo a Escola Profissional Raul Dória continua a dar continuidade a mais um projeto Erasmus, intitulado “Schools 4.0 – Innovation in Vocational Education”, desta vez pelas mãos das professoras Erica Marques e Daniela Martinho.

 

Recentemente foi publicada mais uma Newsletter, onde falámos um pouco sobre a adaptação da nossa Escola ao Ensino à Distância.

 

O projecto denominado “Schools 4.0 – Innovation in Vocational Education” nasceu de um conjunto de 5 escolas profissionais pertencentes à Rede de Escolas com Educação Profissional orientadas por investigadores do departamento do CEDH – Center for Human Development Studies que, informalmente, organizaram reuniões de reflexão sobre as mudanças de paradigma que devem existir na educação profissional para preparar os jovens para os desafios do século XXI e cujos itens estão delineados na Estratégia 2020.

 

Dada a importância desta matéria, convertida para aplicação imediata no contexto real de trabalho, espera-se que seja criado um quadro para repensar as práticas pedagógicas e identificar as mudanças a introduzir, para passarmos para uma escola do século XXI “School 4.0”, capaz de responder aos desafios atuais da Educação Profissional a nível europeu.

 

Para o efeito, será considerada como ponto de partida a referência que deu origem ao modelo inovador de educação profissional em Portugal, criado no início da década de 1990, no século XX, “A Estrutura Modular nas Escolas Profissionais” (GETAP, Ministério da Educação, 1993.

 

A Raul Dória gostaria de deixar um agradecimento especial aos nossos professores por todo o esforço e dedicação durante este período tão atípico e aos nossos alunos por se manterem unidos e colaborarem num ensino que nos colocou a todos à prova.

0

Curso Técnico de Turismo, Erasmus

A Escola Profissional Raul Dória foi convidada no ano letivo transato para participar no concurso “Tell Us Your Story”, em que o objetivo era distinguir o vídeo mais original sobre o uso de tecnologias digitais durante o período de confinamento (devido à pandemia de COVID-19).

 

Este concurso foi lançado pelo projeto MINDtheGaps em parceria com a Associação Nacional de Professores e foi destinado a jovens entre os 15 e os 18 anos.

 

 

MINDtheGaps – Media Literacy Towards Youth Social Inclusion

 

O MINDtheGaps é um projeto ERASMUS + KA2 que visa contribuir para a promoção da igualdade de oportunidades de jovens em situação de vulnerabilidade social através do desenvolvimento de competências no domínio da literacia mediática.

 

Este projeto utiliza uma intervenção participativa baseada na formação em programação e desenvolvimento de recursos educacionais e multimédia para capacitar os jovens a desenvolver a literacia mediática, o pensamento crítico e a serem capazes de compartilhar conhecimentos e resolver problemas de forma colaborativa em parceria com os jovens (15 -18 anos) de outros países europeus, em contexto não formal.

 

Isto significa que o projeto está em consonância com a Nova Política Europeia da Juventude (2019-2027), uma vez que irá desenvolver formas novas e inovadoras para cumprir as prioridades que são definidas na política nacional e da União Europeia: Engajar, Conetar e Empoderar os jovens através da inovação, qualidade e reconhecimento do trabalho juvenil.

 

O impacto pretendido pelo MINDtheGaps é contribuir para o desenvolvimento de práticas inovadoras, tanto nos países dos parceiros como ao nível da União Europeia, para garantir “o direito à educação de qualidade e inclusiva, à formação e à aprendizagem ao longo da vida, a fim de manter e adquirir competências que permitam [a todos] participar plenamente na sociedade e gerir com sucesso as transições no mercado de trabalho” (Pilar Europeu dos Direitos Sociais, 2017).

 

Estão também em sintonia com os objetivos da Agenda Europa 2020, nomeadamente ao nível do ensino, contribuindo para a redução do abandono escolar precoce e para a diminuição dos níveis de pessoas em situação de pobreza ou exclusão social ou em risco e do número de NEETs.

 

O MINDtheGaps terá a duração de dois anos e é coordenado pelo Centro de Investigação e Intervenção Educativas (CIIE) / Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCEUP), reunindo parceiros da Bulgária, Espanha, Noruega e Turquia.

 

O consórcio é liderado por Angélica Monteiro e co-coordenado por Carlinda Leite. A equipa do CIIE é constituída ainda por Amélia Lopes, Preciosa Fernandes, Cristina Rocha, Sofia Marques da Silva e João Caramelo.

 

 

Menções honrosas para as alunas da Raul Dória

 

Durante o período de confinamento, as alunas Carolina Pinto e Joana Sousa do 1º ano do Curso Técnico de Turismo e as alunas Débora e Ana Catarina do 2º ano do Curso Técnico de Logística reuniram-se via Zoom com as professoras Erica Marques e Daniela Martinho com o objetivo de partilharem ideias com vista a participação no concurso Tell Us Your Story.

 

Rapidamente as alunas da Raul Dória puseram mãos à obra! Umas fizeram simulações com recurso ao Tik Tok, outras fizeram bandas desenhadas e outras pequenos vídeos. No entanto, como iriamos compilar tudo num único trabalho?



O regresso às aulas ditou o sucesso do vídeo, que resultou num grande reconhecimento para as nossas alunas e para a nossa escola através de duas menções honrosas.

 

Os nossos Parabéns às alunas envolvidas pelo empenho, criatividade e espírito de equipa, pois a verdade é que só dois nomes puderam entrar no concurso, mas o mérito é de todas!





0

Eventos

No próximo dia 7 de dezembro, pelas 19.00 horas, vai ser dinamizada na Casa das Associações a inauguração da exposição intitulada Cinco olhares sobre Auschwitz, no âmbito do desenvolvimento do Projeto Erasmus + “Traces of Jewish life in Europe” da Escola Profissional Raúl Dória.

 

O Gabinete da Juventude da Câmara Municipal do Porto apoia esta iniciativa, pela importância do tema em questão, que mostra trabalhos da autoria de alunos e professores portugueses, alemães, polacos, romenos e gregos, todos eles envolvidos num projecto de aprendizagem e de pensamento crítico, intitulado “Local Traces of Jewish life in Europe”, sobre a vida e influência cultural dos judeus nos cinco países.

 

No âmbito do projecto, está prevista a edição online de um livro com os resultados de uma pesquisa realizada ao longo de dois anos sobre a herança judaica. A obra, segundo Suzana Melo, professora da Escola Profissional Raul Dória e uma das dinamizadoras do projecto, contribuirá para “uma compreensão inter-regional e multidimensional da história judaica em cada região e país, abarcando todo o património cultural, desde a língua, tradições populares, passando pela gastronomia até à arquitectura e produção artística”.

 

A responsável  da Escola Profissional Raúl Dória, vai tornar pública uma exposição, composta por 50 fotografias a preto e branco, de tamanho A4, sobre o campo de concentração de Auschwitz. As fotografias a expôr pretendem partilhar os diferentes olhares de jovens portugueses, alemães, polacos, romenos e gregos aquando da sua visita ao local, em abril do corrente ano, e será acompanhada de excertos literários de autores judeus ou de ascendência judaica de cada país representado.

 

Segundo Suzana Melo, “Local Traces of Jewish life in Europe” quer fomentar “o caminho para a tolerância e o diálogo intercultural, que fomenta o respeito pelo outro e pela diferença, que combate o medo e a ignorância, actuando junto dos nossos jovens, procurando educá-los e ensiná-los a compreender a História e a compreender o outro”.

A inauguração é aberta ao público e contará com a presença dos elementos das diferentes delegações presentes em Portugal. Poderá visitar a exposição na Casa das Associações durante todo o mês de dezembro, das 9 às 22 horas.

 

0