Your address will show here +12 34 56 78
Curso Técnico de Contabilidade, Cursos, Raul Dória

TCONT EXPLICA Regressa é o tema do artigo de hoje!

Voltamos com mais uma novidade! O projeto que começou com o 12º ano do Curso de Técnica/o de Contabilidade agora está nas mãos de apenas duas alunas, Diva Freitas e Inês Araújo. Elas assumiram a responsabilidade e transformaram o que era apenas uma ideia coletiva no seu projeto final de curso – a Prova de Aptidão Profissional (PAP).

O novo grupo decidiu fazer algumas alterações no projeto, mas sempre preservando a essência criada pela turma. Afinal, não devemos retirar o mérito aos colegas que deram início a tudo isto. A ideia mantém-se em ajudar as pessoas a desmistificar a contabilidade, demonstrando que esta área não é um “bicho de sete cabeças” como muitas vezes parece.

A contabilidade é uma área que pode ser complexa e intimidante para quem está de fora. Por isso, é importante torná-la acessível e descomplicada. A Diva e a Inês acreditam exatamente nisso e querem levar essa mensagem adiante.

Uma das primeiras mudanças feitas pelas duas alunas foi trazer mais dinamismo ao site do projeto. A ideia é atualizá-lo constantemente com informações relevantes e atrativas para quem deseja aprender mais sobre contabilidade. Além disso, estão a planear criar conteúdos em outras plataformas, como posts nas redes sociais da escola, para alcançar um público ainda mais vasto.

Mas nem tudo se resume a partilhar informações. Diva e Inês também querem oferecer apoio direto a quem precisa. Estão a planear criar um canal de comunicação para esclarecer dúvidas dos seus seguidores e ajudá-los a compreender melhor a contabilidade.

Estas mudanças representam uma nova era para o projeto, mas o compromisso com a missão original permanece inalterado. As alunas querem continuar a ajudar as pessoas a desmistificar a contabilidade e mostrar que esta é uma área acessível e interessante para todos.

Este é um excelente exemplo de como podemos construir, colaborar e evoluir projetos em equipa. Quando trabalhamos juntos, podemos alcançar mais, inspirar mais pessoas e fazer a diferença. Parabéns, Diva e Inês, pelo trabalho incrível que estão a realizar!



Consulta a página do projeto
AQUI




Este artigo é da autoria da aluna Diva Freitas!

0

Curso Técnico de Contabilidade, Cursos, PAP, Raul Dória
Pequenos Contabilistas“: O novo projeto do Curso de Contabilidade é a novidade que trazemos hoje.

Este projeto foi desenvolvido pelos nossos alunos, Anaisa Tavares e Rodrigo Duarte, que estão no 12º. ano do Curso Profissional Técnico de Contabilidade. A Anaisa e o Rodrigo, decidiram levar a contabilidade para outros alunos, mais especificamente, para os alunos do 2º ano da Escola Básica de Costa Cabral. No âmbito da Prova de Aptidão Profissional, os alunos criaram um projeto que tem como objetivo fomentar a literacia financeira junto de alunos do 1º ciclo.



O projeto “Pequenos Contabilistas” é uma iniciativa que procura promover a importância da educação financeira para crianças ainda em idade escolar. A ideia é que desde cedo, elas possam ter uma compreensão acerca do valor do dinheiro e dos diferentes tipos de impostos. Com isso, espera-se que no futuro, estas crianças possam desenvolver uma relação mais saudável com o dinheiro, o que pode pode criar um impacto positivo na gestão das suas finanças pessoais.


A Anaisa e o Rodrigo são alunos exemplares e muito comprometidos com este projeto. Ao utilizar os conhecimentos adquiridos ao longo do Curso Profissional Técnico de Contabilidade, eles foram capazes de transmitir informações relevantes de uma maneira clara e objetiva para o público-alvo. O projeto “Pequenos Contabilistas” foi dividido em duas sessões e dinamizado em duas turmas do 1º ciclo. Foram desenvolvidas várias atividades, tais como identificação do dinheiro e introdução aos diferentes tipos de impostos. Para além da visualização de vídeos interativos, os alunos mais novos tiveram a oportunidade de testar os conhecimentos através de jogos desenvolvidos com recurso ao Wordwall.



O Referencial de Educação Financeira em Portugal

Em Portugal, o Referencial de Educação Financeira para a Educação Pré-Escolar, o Ensino Básico, o Ensino Secundário e a Educação e Formação de Adultos (REF) é o documento orientador para a implementação da educação financeira em contexto educativo e formativo.

O REF foi elaborado pelo Ministério da Educação em parceria com o Conselho Nacional de Supervisores Financeiros (CNSF), constituído pelo Banco de Portugal, Comissão do Mercado de Valores Mobiliários e Instituto de Seguros de Portugal. A partir do REF, o CNSF criou um documento mais abrangente, o Plano Nacional de Formação Financeira (PNFF), com objetivos plurianuais bem definidos no combate à iliteracia financeira.


O projeto “Pequenos Contabilistas” é, sem dúvida, uma grande iniciativa, pois a literacia financeira é fundamental para a vida das pessoas, independentemente de sua idade. Hoje, muitos adultos encontram-se em situações financeiras difíceis por falta de conhecimento nesta área. E é justamente para evitar que isso aconteça com as próximas gerações que o projeto “Pequenos Contabilistas” está a ser implementado.

Não podemos finalizar este artigo sem antes relembrar que as inscrições para o Curso Profissional Técnico de Contabilidade se encontram abertas! 


É este o Curso que procuras?
Faz já a tua
INSCRIÇÃO


 

0

Concursos, Curso Técnico de Contabilidade, Curso Técnico de Organização de Eventos, Raul Dória
As turmas de 10º ano do Curso Técnico/a de Organização de Eventos e Técnico/a de Contabilidade participaram na 13ª. edição do Concurso “Geração €uro”, uma iniciativa do Banco Central Europeu (BCE) e dos bancos centrais nacionais do Eurosistema.

O professor de matemática, Pedro Costa, e o professor de economia, Jaime Sousa, orientaram os alunos nesta primeira participação no concurso “Geração €uro”. O seu principal objetivo foi sensibilizar os alunos para a importância da política monetária na vida quotidiana dos cidadãos da zona euro.

Embora as turmas não tenham passado à segunda fase do concurso, deram o seu melhor na primeira fase, que consistia na realização de um inquérito que testava os conhecimentos dos alunos sobre a política monetária e a sua compreensão do quadro económico e institucional da área do euro e do Eurosistema.

A participação neste concurso constitui uma excelente oportunidade para os alunos do 10º ano do Curso Técnico/a de Organização de Eventos e Técnico/a de Contabilidade aperfeiçoarem as suas capacidades de resolução de problemas e de pensamento crítico. Esta participação também proporcionou aos alunos terem uma experiência prática na aplicação de conceitos teóricos aprendidos na sala de aula a situações do mundo real.

Além disso, concursos como a “Geração €uro” ajudam a promover a literacia económica e financeira entre os jovens. Dada a importância da gestão do dinheiro e da tomada de decisões económicas na vida pessoal, estas iniciativas são particularmente cruciais para preparar os os nossos alunos para serem cidadãos responsáveis e informados no futuro.

Não podemos deixar de felicitar as turmas do 10º ano do Curso Técnico/a de Organização de Eventos e Técnico/a de Contabilidade pela sua participação no concurso “Geração €uro”. Esperamos que esta experiência não só tenha sido gratificante como também tenha incentivado os alunos a continuar a aprender e a explorar o mundo da economia e das finanças.

O que é o Concurso “Geração €uro”?


O concurso “Geração €uro” realiza-se todos os anos e tem como objetivo ajudar os alunos do ensino secundário a compreender o que é a política monetária e a sua relação com a economia em geral. Proporciona aos alunos uma visão geral do papel desempenhado por um banco central, permitindo-lhes conhecer a função dos instrumentos de política monetária, em particular as decisões sobre as taxas de juro, e utilizar alguns dos dados à disposição do Conselho do Banco Central Europeu (BCE). O concurso procura também familiarizar os alunos com o Eurosistema e aprofundar os seus conhecimentos sobre o mundo das finanças.

Através do concurso, os estudantes adquirem conhecimentos sobre os fundamentos da política monetária, incluindo a utilização das taxas de juro como instrumento de gestão do crescimento económico e da inflação. Aprende também sobre o papel dos bancos centrais na manutenção da estabilidade financeira e na promoção do crescimento económico. O concurso permite que os alunos testem os seus conhecimentos de uma forma estimulante e interessante, o que pode ajudar a despertar o seu interesse pela economia e pelas finanças.

0

Curso Técnico de Contabilidade, Cursos, Raul Dória, Trabalhos Escolares
“Contabilidade Sem Papas na Língua” é o podcast que vai ser lançado brevemente pelas alunas Sabrina Soares e Flávia Coelho do 12º ano do curso Técnico/a de Contabilidade!


Este podcast será lançado no YouTube e tem como objetivo abordar assuntos relacionados com a contabilidade de uma forma mais acessível e descontraída, permitindo que pessoas de diferentes níveis de conhecimento possam entender o tema sem complicações.


Como surgiu o podcast “Contabilidade Sem Papas na Língua”?

Durante a criação da ideia, as alunas perceberam a necessidade de um espaço onde pudessem falar sobre a contabilidade de forma acessível e descomplicada para todas as pessoas, independentemente do seu nível de conhecimento na área.

Através do podcast, as nossas alunas partilharão o que aprenderam ao longo do curso, bem como informações relevantes sobre a área da contabilidade. O lançamento do podcast “Contabilidade sem Papas na Língua” será feito de forma independente e a produção será publicada no YouTube, tornando a plataforma acessível a todos.

A ideia do podcast surgiu no âmbito da Prova de Aptidão Profissional (PAP) das alunas, uma prova realizada pelos alunos dos cursos profissionais que permite avaliar a aquisição de competências e conhecimentos necessários para ingressar no mercado de trabalho ou num curso superior. 

A Flávia e a Daniela estão confiantes e otimistas com a iniciativa, reconhecendo que o sucesso do podcast dependerá da interação da audiência. No entanto, estão prontas para enfrentar qualquer desafio e alcançar suas metas.


O que esperar deste podcast?

O podcast “Contabilidade Sem Papas na Língua” trará informações relevantes e uma abordagem descontraída ao mundo da contabilidade. As alunas estão determinadas a torná-la mais acessível e compreensível para todos os públicos, abordando temas interessantes e de forma simples. 

A iniciativa das alunas Sabrina Soares e Flávia Coelho é corajosa e criativa, mostrando que é possível inovar e fazer a diferença mesmo em um setor muitas vezes rotulado como chato e complicado. O podcast é uma oportunidade para elas e para quem os ouve, de aprender mais sobre contabilidade, contribuindo para a formação de uma sociedade mais consciente e informada financeiramente.



O logotipo do projeto “Contabilidade Sem Papas na Língua”

Cartaz de divulgação do projeto “Contabilidade Sem Papas na Língua”





O lançamento do podcast “Contabilidade Sem Papas na Língua” é um exemplo de como os cursos profissionais podem incentivar a criatividade e a inovação, contribuindo para a formação de profissionais mais capacitados e para a literacia financeira da população. As alunas Sabrina Soares e Flávia Coelho são um exemplo inspirador de como é possível fazer a diferença, mesmo com um tema tão complexo como a contabilidade.
0

Sem categoria
Já conheces as últimas vagas para Cursos Profissionais no Porto?

A Escola Profissional Raul Dória está atualmente aberta para as últimas inscrições em uma variedade de cursos que visam preparar os alunos para carreiras promissoras em diversas áreas. Com um compromisso inabalável com a excelência educacional, a escola oferece uma oportunidade única para aqueles que buscam adquirir habilidades práticas e conhecimentos especializados.

Os cursos disponíveis incluem o Curso Técnico/a de Contabilidade, projetado para formar profissionais aptos a lidar com os desafios complexos do mundo financeiro.

O Curso Técnico/a de Organização de Eventos oferece uma visão abrangente sobre a indústria de eventos, preparando os estudantes para coordenar e executar eventos de sucesso.


Para os apaixonados por viagens e hospitalidade, o Curso Técnico/a de Turismo é uma escolha ideal, proporcionando uma compreensão aprofundada da indústria do turismo e preparando os alunos para uma variedade de funções neste setor dinâmico.


A revolução digital está em constante evolução, e o Curso Programador/a de Informática destaca-se como uma oportunidade imperdível para aqueles que desejam mergulhar no mundo da programação e desenvolvimento de software.


Por fim, o Curso Técnico/a de Massagem de Estética e Bem – Estar oferece uma abordagem prática para o cuidado do corpo e da mente, capacitando os alunos com as habilidades necessárias para atender às crescentes necessidades da indústria de bem-estar.


Estes cursos profissionais têm a duração de 3 anos e dupla certificação: 12º ano de escolaridade + Certificado Profissional Nível 4 e destinam-se a jovens com idades compreendidas entre os 14 e os 19 anos que tenham concluído o 9º ano de escolaridade e que pretendam uma formação mais prática com ligação ao mundo do trabalho.

 

 

Quais os benefícios destes cursos profissionais?

 

– Bolsa de material;

– Subsídio de alimentação;

– Bolsa de profissionalização;

– Subsídio de transporte;

– Seguro de acidentes pessoais;

– Estágio em empresa do setor;

– Qualificação profissional certificada;

– Acesso direto ao ensino superior;

– Participação em projetos Erasmus+.

 

Quero saber mais sobre estes cursos profissionais

Se necessitares de mais informações acerca dos cursos em questão, consulta os artigos que preparamos exclusivamente para ti:

 

Tudo o que precisas de saber sobre o Curso Profissional de Técnico/a de Contabilidade

Tudo o que precisas de saber sobre o Curso Profissional de Técnico/a de Organização de Eventos

Tudo o que precisas de saber sobre o Curso Profissional de Técnico/a de Turismo

Tudo o que precisas de saber sobre o Curso Profissional Programador/a de Informática

Tudo o que precisas de saber sobre o Curso Profissional Técnico/a de Massagem de Estética e Bem – Estar



Que atividades se fazem nestes Cursos Profissionais?

Se queres descobrir tudo o que fazemos na Escola Profissional Raul Dória podes seguir-nos em:

Facebook;
Instagram;
TikTok;
LinkedIn;
YouTube



Com professores experientes , a Escola Profissional Raul Dória está empenhada em proporcionar uma educação de qualidade que prepare os alunos para os desafios do mercado de trabalho.

Não percas a oportunidade de ingressar em um destes cursos e dar o primeiro passo em direção a um futuro profissional de sucesso.

As inscrições estão abertas, e o caminho para uma carreira promissora aguarda aqueles que buscam excelência educacional.

 


Faz já a tua !

 

0

Erasmus

A Escola Profissional Raul Dória celebrou, pelo terceiro ano consecutivo, o ErasmusDays, evento que tem como objetivo divulgar e promover os projetos de mobilidade internacional em curso na escola. Este ano, a organização esteve a cargo das professoras Erica Marques e Maria Juraci Sousa e da turma do 11º ano do Curso Técnico de Comércio.

O ErasmusDays é uma iniciativa que tem como objetivo celebrar o programa Erasmus+, um programa da União Europeia que visa promover a mobilidade de alunos, professores e outros profissionais da educação entre países europeus. Este programa permite aos participantes adquirirem novas competências e conhecimentos em contextos culturais e sociais diferentes, e proporciona-lhes uma formação mais abrangente e completa.

Na Escola Profissional Raul Dória, os projetos de mobilidade internacional são uma das principais apostas da escola, que tem vindo a desenvolver diversas parcerias com escolas e instituições de outros países europeus. Estas parcerias permitem aos alunos da escola participar em projetos inovadores e desafiantes, que lhes permitem aplicar os conhecimentos e as competências adquiridas ao longo da sua formação.

Durante os ErasmusDays, foram realizadas diversas atividades, como sessões de informação sobre os projetos em curso na escola, apresentação de criações dos alunos e testemunhos de ex-alunos. Estas atividades foram organizadas pelos próprios alunos, com a ajuda dos professores e outros profissionais da escola.


O evento contou com uma série de atividades que destacaram a importância do programa Erasmus+ na formação dos alunos da escola. Uma das atividades mais interessantes do ErasmusDays foi a elaboração de um mural pela turma do 11º ano do Curso Técnico de Contabilidade, que permitiu reviver os momentos do Erasmus em que os alunos realizaram um estágio de dois meses em Jerez de la Frontera. Também a turma do 10º ano do Curso Técnico de Turismo nos brindou com as boas vindas ao ErasmusDays em diferentes idiomas.


Outra atividade que se destacou foi a realização de um vídeo pelos alunos do 11º ano do Curso Técnico de Comércio e do 10º ano do Curso Programador de Informática. O vídeo tinha como mote “o que não deixarias de levar na tua mala Erasmus?” e proporcionou momentos de diversão e descontração aos participantes do evento.





Além disso, o evento contou com a presença dos ex-alunos Luís Aníbal e Francisco Gomes, do Curso Técnico de Organização de Eventos, que deram um testemunho incrível sobre a sua experiência em Erasmus. Os ex-alunos partilharam as suas experiências, desafios e aprendizagens, e inspiraram os alunos atuais a seguir os seus passos e a aproveitarem as oportunidades oferecidas pelo programa Erasmus+.



Mas as surpresas do ErasmusDays não terminaram por aqui. O evento contou ainda com a presença de um convidado de honra, José Carlos Bronze, que explicou em que consiste o programa Erasmus+ e inspirou os alunos a abrirem horizontes, mostrando-lhes as diferentes oportunidades oferecidas pelo Erasmus.


José Carlos Bronze é sociólogo, bolseiro de investigação FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia no Centro de Investigação e Intervenção Educativas da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto, onde frequenta o Programa Doutoral em Ciências da Educação. Trabalha desde 1997 como gestor e avaliador de projetos europeus de Educação e Formação em todos os setores de Educação e ainda em Juventude e Desporto. Integra desde 2013 a bolsa de avaliadores da “Agência Nacional Erasmus+ Educação e Formação”.
Os seus atuais interesses de investigação incidem sobre os efeitos do Programa Erasmus+ no Ensino Profissional, bem como os temas da inclusão e diversidade.

Os projetos de mobilidade internacional são uma forma eficaz de preparar os alunos para um mercado de trabalho cada vez mais global e exigente, e de lhes proporcionar uma formação mais abrangente e completa. A Escola Profissional Raul Dória está de parabéns pela sua aposta nos projetos de mobilidade internacional e pela sua preocupação em preparar os seus alunos para o futuro.

Os projetos de mobilidade internacional são cada vez mais importantes no mundo globalizado em que vivemos. Estes projetos permitem aos alunos adquirirem novas competências e conhecimentos em contextos culturais e sociais diferentes, o que é essencial para se tornarem profissionais mais completos e preparados para enfrentar os desafios do mercado de trabalho.
Além disso, a mobilidade internacional permite aos alunos expandirem os seus horizontes e conhecerem outras culturas e realidades. Esta experiência é fundamental para o seu desenvolvimento pessoal e profissional, uma vez que lhes permite ganhar uma perspetiva mais ampla do mundo e das complexidades que envolvem as diferenças culturais e sociais.

O programa Erasmus+ é, sem dúvida, uma das melhores iniciativas para promover a mobilidade internacional e para proporcionar aos alunos uma formação mais abrangente e completa. Este programa oferece uma ampla variedade de oportunidades, desde estágios a cursos de formação, para alunos, professores e outros profissionais da educação. Os projetos realizados no âmbito do programa Erasmus+ são uma forma eficaz de preparar os alunos para um mercado de trabalho cada vez mais exigente e globalizado.

Em suma, o ErasmusDays na Escola Profissional Raul Dória foi um sucesso e demonstrou a importância do programa Erasmus+ na formação dos alunos da escola. Este evento é uma oportunidade única para os alunos conhecerem outras culturas e realidades, e para se familiarizarem com a língua e a cultura dos países parceiros. Além disso, os projetos de mobilidade internacional são uma forma eficaz de preparar os alunos para um mercado de trabalho cada vez mais global e exigente, e de lhes proporcionar uma formação mais abrangente e completa.

A Escola Profissional Raul Dória está de parabéns pela sua aposta nos projetos de mobilidade internacional e pela sua preocupação em preparar os seus alunos para o futuro.

0

Eventos, Raul Dória

Este ano, a Escola Profissional Raul Dória comemora o “Dia Europeu do Desporto na Escola“, no dia 29 de setembro. Esta iniciativa fica a cargo do professor de Educação Física, Marco Matos, dos alunos do 11º ano do Curso Programador/a de Informática e 11º ano do Curso Técnico/a de Contabilidade. A auxiliar na organização e cobertura do eventos teremos os alunos do 10º ano do Curso Técnico/a de Organização de Eventos.

No âmbito da comemoração do “Dia Europeu do Desporto na Escola”,  da parte da manhã, teremos um conjunto  atividades com o objetivo de promover a prática de Educação Física nos estabelecimentos de ensino, facilitando o desenvolvimento das competências sociais e a inclusão dos alunos no contexto da comunidade educativa. Aquelas visam ainda a promoção e a consciencialização sobre a importância da adoção de um estilo de vida ativo e saudável.

Outra das grandes novidades será a utilização da aplicação AGIT por parte de toda a comunidade. Por isso mesmo pedimos a toda a comunidade para no dia 29 de setembro trazer roupa e calçado confortáveis e instalar a aplicação AGIT .

Mas vamos perceber mais um pouco da AGIT!



O que é a AGIT?




A aplicação AGIT, é uma app portuguesa que monitoriza o exercício físico dos utilizadores com tecnologias de reconhecimento e fornece feedback em tempo real da sua atividade. Esta app foi desenvolvida por Tomás Albuquerque e Tiago Santos, antigos estudantes, respetivamente, da Faculdade de Ciências (FCUP) e da Faculdade de Engenharia (FEUP) da Universidade do Porto, e por Francisco Friande, estudante da FEUP.

Sobre a AGIT, Tomás Albuquerque, Mestre em Engenharia Física com especialização em ciência de dados pela FCUP e ex-atleta de alta competição, explica que:

 

           “No final e com base no seu resultado, o utilizador é colocado numa tabela de classificações juntamente com os outros utilizadores. O exercício é repetível tantas vezes quanto o utilizador pretenda”

            “A tecnologia está assente em métodos de Visão Computacional e Machine Learning. Há uma grande componente de processamento das imagens recolhidas pela câmara do telemóvel ao longo do exercício. Sobre cada imagem recolhida é aplicado um método de processamento, que usa inteligência artificial, para que a cada momento seja possível identificar o movimento realizado e contar as repetições efetuadas”


O que é o Dia Europeu do Desporto na Escola?


Dia Europeu do Desporto na Escola está integrado na Semana Europeia do Desporto, que se realiza na última semana de setembro. Esta iniciativa iniciou-se em 2015 e teve como objetivo promover o desporto e a atividade física em toda a Europa, através da realização de um conjunto alargado de atividades dirigidas a toda a população, independentemente da idade ou do nível de preparação física.

De realçar que o Dia Europeu do Desporto na Escola – European School Sport Day (ESSD), é um projeto co-financiado pelo Programa Erasmus+ Desporto, coordenado a nível europeu pela Hungarian School Sport Federation, contando com a participação de 42 países.

É comemorado através da realização de um dia aberto que inclui desportos, jogos e brincadeiras e, pressupõe a realização de pelo menos 120 minutos de atividades com o objetivo de motivar as crianças e os jovens a serem mais ativos, promovendo a sua participação em atividades físicas e desportivas.

Esta iniciativa é coordenada em Portugal pelo IPDJ, I.P.  e conta com o apoio de vários parceiros institucionais para a sua implementação, nomeadamente:

– Direção Geral de Educação (DGE) através da Divisão do Desporto Escolar (DDE);

– Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE);

– Conselho Nacional das Associações de Professores e Profissionais de Educação Física (CNAPEF);

– Sociedade Portuguesa de Educação Física (SPEF);

– Associação de Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo (AEEP).

A nível Europeu, esta iniciativa conta com inúmeros parceiros! Podes ficar a conhecer alguns na nossa galeria!




Dia 29 de setembro contamos com todos para o evento em que a comunidade da Raul Dória comemora Dia Europeu do Desporto na Escola.
0