Your address will show here +12 34 56 78
Solidariedade

No dia 3 de maio alguns alunos da Escola Profissional Raul Dória resolveram fazer doação de sangue no IPST (Instituto Português do Sangue e da Transplantação), mostrando que se preocupam em salvar vidas!

Não é fácil consciencializar os alunos para a doação de sangue e, por isso, o professor Bruno Moreira, da Área de Integração, contactou Instituto Português do Sangue e da Transplantação que se prontificou a vir até à Raul Dória falar com os nossos alunos. A Dra. Maria João Medeiros transmitiu aos nossos alunos a importância de se ser dador de sangue e respondeu a todas as dúvidas existentes. 

A verdade é que não foi fácil termos alunos a quererem ser dadores de sangue, mas conseguimos! E foi com muito orgulho que o professor Bruno levou os alunos até ao IPST para estes fazerem a sua doação de sangue!


Como surgiu a ideia da doação de sangue?

 

Em janeiro de 2022, a SIC Notícias deu a notícia de que a situação atual é preocupante dado que as reservas de sangue se encontram entre os 3 e os 37 dias. Neste momento cerca de 1 milhão de pessoas encontram-se confinadas, e os dadores fazem parte destas pessoas. Por outro lado, os hospitais ainda se encontram a recuperar da pandemia e como tal, as reservas de sangue encontram-se a níveis extremamente preocupantes.


O Instituto Português do Sangue e da Transplantação fez novo apelo afirmando:

“Apesar de todo o reforço na promoção da dádiva de sangue, nomeadamente através de ‘spots’ de rádio e nas redes sociais, torna-se necessário mobilizar todos os que estejam em condições de fazer uma dádiva de sangue, nomeadamente os que nunca deram sangue e os que não efetuam uma dádiva há mais de um ano, contribuindo assim para a imprescindível estabilidade das reservas. É muito importante o reforço imediato das dádivas de sangue, pois só assim os doentes podem receber os tratamentos que necessitam”

Perante notícias destas, o professor Bruno Moreira resolveu atuar. O que começou por ser a visualização de uma notícia, culminou com os nossos alunos a fazerem doação de sangue.

Raul Dória no IPST

 

0

Solidariedade

O grupo de voluntários Dória + está de regresso e com uma nova missão em mãos, ajudar a Filipa!

 

Em julho de 2012, a Filipa, uma adolescente com 17 anos, até então saudável e com uma vida social ativa, sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico por rutura de malformação arteriovenosa (MAV).

 

Foi submetida a uma cirurgia, tendo ficado com hemiparesia direita. Foi-lhe detetado um sopro cardíaco de novo sem evidência de cardiopatia congénita.

 

Em fevereiro de 2013, sofreu um novo AVC hemorrágico, resultante da rutura de um aneurisma micótico da artéria cerebral média direita. Realizou várias cirurgias para limpeza e diminuição da pressão intracraniana.

 

Desde novembro de 2014 que a Filipa se encontra em reabilitação de uma tetra paresia de predomínio esquerdo, dependente de todos os autocuidados e atividades da vida diária, exceto na alimentação, que apenas necessita de supervisão e estimulação desde que a alimentação seja providenciada.

 

A sua evolução é notória e tem muito orgulho na sua força e vontade de viver.

 

 

Como pode ajudar a Filipa?

 

Dada a sua condição clínica, a Filipa necessita de realizar Fisioterapia Intensiva de forma a manter a sua evolução clínica. Uma das formas de ajudar é através da recolha de tampas de plástico, rolhas e caricas.

 

Todas as tampinhas recolhidas, serão posteriormente entregues na Resialentejo, que serão convertidas em sessões de fisioterapia na clínica NeuroGlobal.

 

A Escola Profissional Raul Dória será uma facilitadora de tampas de plástico, rolhas e caricas. Se não tiver disponibilidade para entregar as tampinhas na nossa escola, a mãe da Filipa poderá ir buscar as mesmas, desde que seja nas proximidades da cidade do Porto.

 

Para obter mais informações, visite o website da Filipa Jesus.

 

Vamos continuar a nossa missão! Tampem-se à Filipa!

 

O cartaz para esta iniciativa foi desenvolvido pelos voluntários Dória+.

0

Solidariedade

És aluno da Raul Dória e gostavas de participar num projeto de voluntariado social?


Gostavas de ter aquele sentimento que invade o peito de um voluntário quando sabe que agiu em prol de algo maior do que ele próprio?


Então, não percas mais tempo! Inscreve-te no projeto Dória +!

 

 

Quem são os Dória +

 

Os Dória + são um grupo de jovens voluntários, alunos da Escola Profissional Raul Dória, que se preocupam com os outros e que gostam de apoiar e ajudar pessoas da comunidade.

 

Atualmente, este grupo de audazes é constituído pelos alunos dos primeiros anos dos Cursos Técnico de Organização de Eventos, Técnico de Comércio e Técnico de Secretariado.

 

Todo o seu trabalho é pago com sorrisos e é isso que os motiva! É por isso que dizemos que todos eles são, sem dúvida, os nossos heróis!

 

É através da prática do voluntariado que proporcionamos aos nossos alunos novas formas de intervirem de forma ativa na comunidade e simultaneamente, aprendem valiosas lições para a vida, adquirindo competências sociais e humanas.

 

 

Projetos de Voluntariado


Os projetos de voluntariado são uma experiência intensa e transformadora, capaz de mudar a forma como te vês a ti próprio e o mundo à tua volta.

 

Durante o secundário, são muitos os jovens que procuram participar em projetos de voluntariado para enriquecerem o currículo e terem uma experiência diferente.

 

A responsabilidade social sempre foi uma preocupação para a Escola Profissional Raul Dória. Ao longo dos anos, toda a comunidade escolar participou ativamente em diversos projetos sociais, pontuais ou continuados, através de campanhas de angariação de produtos diversos, ou outras iniciativas que geram valor social ao contribuir para a melhoria das condições de vida de pessoas carenciadas.

 

Para saberes mais informações sobre este projeto, podes consultar a página dos Dória + ou entrar em contacto connosco através do e-mail doriamais@rauldoria.pt

 

Se desejares participar neste projeto, só tens que fazer a tua inscrição e aguardar o nosso contacto.

0

Solidariedade

Em 2018, a uma semana de fazer 13 anos, a Margarida sofreu uma rutura de MAV (um derrame cerebral severo por rutura de malformação arteriovenosa), ficando com uma incapacidade de 98%, sem mobilidade, nem capacidade de comunicação (verbal) e de resposta às suas necessidades básicas de alimentação e higiene.

 

De forma a ajudarmos novamente a Margarida nos seus tratamentos, a Raul Dória criou uma nova campanha de recolha de tampinhas.

 

Sorrisos e reações frequentes dizem-nos que ainda tem muita música no avesso (não fosse ela bailarina desde os 3 anos!) e queremos trazê-la ao de cima.

 

Ao longo dos últimos 2 anos, os pais não olharam a meios para melhorar a qualidade de vida da sua filha, mas hoje os custos são incomportáveis.

 

“A música chega, por vezes, a lugares que as palavras não alcançam. Direta da alma para o coração, é a linguagem universal do que permanece de bom no mundo, e, por isso, faço uso dela para contar a história da Margarida, na esperança de que os sons da solidariedade se façam ouvir sem fronteiras.” Estas são as palavras que se podem ler na página Music’ALMA, um projeto que nasceu para apelar à solidariedade através da partilha da música.

 

 

Music’ALMA

 

Carlos, professor de música, pai da Margarida e do César, conta-nos através da página que criou, Music’ALMA, que através deste projeto, “apelamos (eu e a restante família da Margarida) à vossa ajuda (sobretudo financeira) para suportar os custos inerentes ao tratamento da nossa pequena bailarina dos afetos, convidando-vos a contribuir, com o que vos for possível, para ajudar a Margarida a trazer ao de cima a música alegre que (ainda) vive dentro dela.”

 

Qualquer contribuição, por mais pequena que seja, será valiosa e pode ser investida em:

 

– Mais terapias diárias e semanais para a Margarida;

– Numa cirurgia (miotenofasciotomia) com elevada urgência, para retardar a atrofia dos membros superiores e inferiores, cujo local mais próximo é em Espanha (Madrid); cerca de 4000€ + viagens;

– Tratamentos inovadores e (muito!) dispendiosos à base de células estaminais (o valor mensal ascende os 25 mil euros!)

 

 

Como pode ajudar a Margarida?

 

Para ajudar a Margarida, deve contactar o projeto Music’ALMA através do email projeto.musicalma@gmail.com, ou se pretender efetuar uma doação monetária, pode fazer uma transferência bancária para o IBAN – PT50003505020000479190056 / Swift – CGDIPTPL

 

 

Dois às 10 da TVI dá a conhecer Music’ALMA

 

No programa da TVI “Dois às 10”, o pai da Margarida solicitou ajuda pela salvação da sua filha, nomeadamente para os tratamentos, com esperança que ela recupere. “Por mês, gastamos 1600 euros só em terapias”, explica.




Margarida está a ser acompanhada em fisioterapia intensiva, reiki, terapia da fala, acupuntura e eletroterapia.

 

 

Tampem-se à Margarida!

 

O ano passado, a Raul Dória organizou a campanha de recolha de tampinhas “Tampa-te à Margarida” e conseguimos angariar uma tonelada de tampinhas. Este ano, contamos novamente com a sua preciosa ajuda na obtenção das tampinhas de plástico.

 

Um simples gesto, pode mudar a vida da Margarida! Por isso, junte as tampinhas! Nós recolhemos, basta entrar em contacto connosco.

 

O cartaz desta iniciativa foi elaborado pelo aluno Vítor Gomes do 1º ano do Curso Técnico de Organização de Eventos.



0

Solidariedade

Ajudar os mais frágeis é uma das nossas principais preocupações, e apesar do distanciamento social que nos é exigido, é tempo de nos mantermos perto de quem mais precisa.

 

A comunidade dos sem-abrigo continua a ter diversas carências, que se têm agravado devido ao contexto de recolhimento da generalidade das pessoas.

 

A pensar nesta problemática, a Escola Profissional Raul Dória desenvolveu em conjunto com toda a comunidade escolar uma iniciativa de responsabilidade social, que procura em época de pandemia marcar a diferença na comunidade dos sem-abrigo do centro da cidade do Porto.

 

Sob o mote “Confortar Corações”, pretendemos despertar consciências de forma a mobilizar o maior número de pessoas para contribuírem para esta causa.

 

Precisamos da sua ajuda

 

Precisamos da sua ajuda para criar cabazes de Natal com produtos alimentares, tais como:

– Latas de salsichas;

– Latas de atum;

– Latas de sardinhas;

– Bolachas;

– Barras de cereais;

– Entre outros alimentos enlatados / empacotados.

 

Esta campanha de recolha de alimentos terminará no dia 17/12/2020. No dia seguinte, os nossos alunos irão distribuir os cabazes pelos sem-abrigo.

 

Todos os donativos deverão ser entregues na Escola Profissional Raul Dória – Praça da República, 93 – A Porto.

 

Agradecemos desde já o Seu precioso contributo.

0

Solidariedade

Está a decorrer, desde o início do ano letivo, uma campanha de recolha de tampinhas para ajudar a Margarida Cunha, uma jovem de 14 anos que apresenta sequelas de malformação arteriovenosa.

 

O que é uma malformação arteriovenosa?

 

Uma malformação arteriovenosa (MAV) é uma conexão entre artérias e veias sem o usual sistema capilar. Esta anomalia vascular é amplamente conhecida por causa da sua ocorrência no sistema nervoso central (cerebral), mas podem aparecer em qualquer local.

 

Embora muitos MAVs sejam assintomáticos, podem causar intensa dor ou sangramento e levar a outros problemas médicos sérios.

 

As malformações arteriovenosas  geralmente são congénitas, mas os padrões de transmissão são frequentemente desconhecidos. Geralmente não é uma doença hereditária, a não ser no contexto de algumas síndromes específicas.

 

 

Uma tonelada de tampinhas já chegaram a bom porto

 

Dada a sua condição clínica, a Margarida necessita de tratamentos e terapias diárias, tais como as terapias de estimulação cognitiva.

 

De forma a ajudarmos a Margarida nos seus tratamentos, juntamente com outras parcerias estabelecidas, já conseguimos angariar uma tonelada de tampinhas.

 

O cartaz desta iniciativa foi elaborado pela aluna Bianca do 1º ano do Curso Técnico de Organização de Eventos.

 

Vamos continuar a nossa missão…

 

Tampem-se à Margarida!



tampa-te à margarida tampa-te à margarida
0