Your address will show here +12 34 56 78
Eventos, Formação, Sem categoria
Raul Dória marca presença no Simpósio “Diabetes: entender para prevenir”, que decorreu no dia 30 de novembro na Casa do Infante

Este simpósio foi organizado pelo Departamento Municipal de Promoção da Saúde e Qualidade de Vida e Juventude da Câmara Municipal do Porto, com quem temos vindo a colaborar cada vez mais. De destacar que este ano, a Câmara Municipal do Porto, em parceria com os Agrupamentos de Centros de Saúde do Porto, aposta na capacitação dos cuidadores (formais e informais), pela influência que exercem não apenas na sua própria saúde, como também na daqueles que cuidam.

A representar a Escola Profissional Raul Dória estiveram os alunos do 10º ano do Curso Técnico/a de Massagem de Estética e Bem-Estar e a Diretora de Curso, Mónica Seco.

Os nossos alunos tiveram a oportunidade de assistir a uma  Conferência intitulada “Cuidar na Diabetes: da prevenção à gestão da doença”, que teve como oradores a Dra. Conceição Outeirinho, Médica de Medicina Geral e Familiar, ACeS Porto Oriental.  Para além disso ainda participaram num workshop prático intitulado  “FINDRISC – avaliar para contribuir para a mudança” dinamizado pelo Departamento Municipal de Promoção de Saúde e Qualidade de Vida e Juventude – Divisão de Promoção da Saúde e ACeS Porto.

Pode consultar o programa detalhado a seguir:


Qual a importância deste Simpósio para a Raul Dória?


A Escola Profissional Raul Dória tem vindo a apostar na promoção da literacia em saúde junto dos alunos, reconhecendo a falta de conhecimento sobre esse tema na juventude. Nesse sentido, a EPRD estabeleceu uma parceria com o Departamento Municipal de Promoção da Saúde e Qualidade de Vida e Juventude da Câmara Municipal do Porto, tornando-se a primeira Escola Profissional a oferecer várias oficinas, incluindo a oficina de Alimentação Saudável e Sustentável e Saúde Oral, a oficina de Sou Gestor/a da minha Saúde e a oficina de Literacia emocional.

A participação da escola neste simpósio que aborda o problema das Diabetes é de extrema pertinência dado que recentemente os alunos do 10º ano do Curso Técnico/a de Turismo desenvolveram um trabalho subordinado ao tema.

A literacia em saúde é um tema de extrema importância nos dias de hoje, visto que a saúde é um bem precioso para todos. É fundamental que os jovens compreendam os conceitos básicos de saúde e adquiram os conhecimentos necessários para manter uma boa saúde ao longo da vida.

É por isso que a Escola Profissional Raul Dória tem vindo a investir cada vez mais na capacitação dos seus alunos a nível de literacia em saúde.

A parceria com o Departamento Municipal de Promoção da Saúde e Qualidade de Vida e Juventude da Câmara Municipal do Porto tem sido um grande sucesso.

Através desta parceria, a escola tem sido capaz de oferecer várias oficinas que abordam temas importantes como a alimentação saudável e sustentável, saúde oral, gestão da própria saúde e literacia emocional. Essas oficinas são ministradas por profissionais experientes na área de saúde e educação.

Além disso, esta parceria tem permitido que a escola esteja sempre atualizada em relação às últimas tendências e práticas na área da saúde. Isso significa que os alunos da Escola Profissional Raul Dória estão a beneficiar do conhecimento mais recente em relação à saúde podendo aplicar esse conhecimento no seu dia-a.dia.

A participação da Raul Dória neste simpósio sobre Diabetes é um exemplo claro do compromisso da escola com a literacia em saúde. A diabetes é uma condição crónica que afeta milhões de pessoas em todo o mundo e, infelizmente, é cada vez mais comum entre os jovens. É crucial que os jovens compreendam os fatores de risco associados à diabetes e os cuidados preventivos que devem ser tomados para evitar o desenvolvimento da doença.

Terminamos com um agradecimento aos alunos do 10º ano do Curso Técnico/a de Massagem de Estética e Bem-Estar e a Diretora de Curso, Mónica Seco, por participarem nesta iniciativa.

0

Formação, Parcerias, Raul Dória

A Escola Profissional Raul Dória está a ter oportunidade de  participar no projeto Erasmus + intitulado  LIDA – Learning Inclusion in a Digital Age: to Belong and Find a Voice in a Changing Europe, promovido por uma equipa da FPCEUP – Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto, em cooperação com parceiros da Noruega, Itália e Reino Unido.

Esta participação da nossa Escola está organizada em três fases.



1ª Fase:

Tem o objetivo de capacitar os professores para a produção de narrativas digitais (digital storytelling). Alguns dos nossos professores frequentaram um workshop de formação, onde aprenderam os passos para realizar uma narrativa digital. Todos tiveram oportunidade de “contar histórias” de forma digital e refletir sobre a forma de integração desta metodologia nas aulas e currículos.

Em anos anteriores, alguns alunos nossos já tinham tido a oportunidade de trabalhar com narrativas digitais através do projeto MINDtheGaps. As professoras Erica Marques e Maria Juraci Sousa relembraram como os alunos que integraram o projeto Erasmus +, Partages d ́Ici et d ́Ailleurs, utilizaram a experiência em Digital Storytelling para realizar uma entrevista a um fotógrafo português, Omar Marques, que teve oportunidade de fotografar campos de refugiados e viver experiências que as palavras por vezes não conseguem transmitir.

Podem assistir ao vídeo realizado pelos alunos aqui.


2ª Fase:


Nos dias 23 e 24 de fevereiro, 10 alunos da Raul Dória terão oportunidade de realizar um workshop em narrativas digitais nas instalações da FPCEUP, o que se revela uma oportunidade única para os nossos alunos, uma vez que terão formação “fora das portas da escola”.

Este workshop para os nossos alunos também constitui uma forma de promover a inclusão social e a cidadania ativa que é uma das nossas preocupações constantes. 


3ª Fase:


A Raul Dória pretende implementar a produção de narrativas digitais como metodologia transversal às diferentes módulos/ disciplinas, sendo que a capacitação do grupo de docentes e do grupo de 10 jovens se vai revelar fundamental na disseminação. Também se está a avaliar a integração desta metodologia nos Serviços de Psicologia e Orientação (SPO), pois segundo a nossa psicóloga, Dra. Patrícia do Vale Almeida, esta metodologia revela-se “poderosíssima” no que respeita a questões de apoio psicológico e psicopedagógico.



Mas afinal, em que consiste o projeto LIDA?

De acordo com a equipa dinamizadora, o LIDA é um projeto europeu financiado pelo Programa ERASMUS + que pretende conhecer e compreender práticas de intervenção social e educativa que permitam promover e aprofundar a inclusão social e a cidadania ativa.

Este projeto decorre de projetos anteriores do mesmo consórcio (neste momento Noruega, Itália e Reino Unido) que têm focado a problemática da inclusão social e o papel que podem ter as ferramentas digitais para pessoas em situação de vulnerabilidade, em particular pessoas migrantes e refugiadas e/ou pessoas de nível socioeconómico desfavorecido ou em situação de pobreza. 

Assim, em diferentes contextos europeus, o LIDA trabalha de forma próxima e colaborativa com entidades e profissionais, de diferentes áreas, com intervenções sustentadas no enfrentamento de situações de desigualdade, injustiça e exclusão, bem como com grupos de jovens e de adultos marcados por situações de vulnerabilidade social nas suas trajetórias de vida.

Esta abordagem assenta no pressuposto de que com base nestas experiências institucionais e pessoais é possível construir um conhecimento capaz de informar políticas, capacitar instituições e promover processos e práticas profissionais que possam ser facilitadores da inclusão social.

Como estratégia metodológica, o LIDA vem promovendo a realização de workshops de formação para a produção de “narrativas digitais” (digital storytelling) com profissionais do campo social e educacional, nomeadamente com professores e trabalhadores sociais, e ainda com jovens e adultos que vivencia(ra)m trajetórias de inclusão/exclusão.

Para mais informações clique aqui.



0