Your address will show here +12 34 56 78
Erasmus, Informações

Neste artigo, a Raul Dória aconselha a como elaborar um Curriculum Vitae,  uma vez que a elaboração do mesmo é algo que preocupa os alunos da Escola Profissional Raul Dória que se começam a preparar para as suas entrevistas de Formação em Contexto de Trabalho (FCT) e que se encontram em processo de candidatura ao programa Erasmus+.

Elaborar um Curriculum Vitae não é uma tarefa fácil, pois muitas vezes é o CV que permite “abrir portas”. É esta pressão, a de elaborar um CV infalível, que levanta inúmeras questões como: Que modelo escolher? Que informações colocar? Devo ter um só CV ou vários? 

De entre tantas questões, o fundamental é que o CV se deve adaptar ao estágio/ emprego/ projeto a que te candidatas, de acordo com a tua formação, experiência, competências e objetivos.

Mas afinal o que é o Curriculum Vitae?

A expressão Curriculum Vitae vem do latim  “vitae” que significa vida e “curriculum” que significa trajetória, curso ou carreira.

De uma forma muito simples e objetiva podemos dizer que Curriculum Vitae significa “Trajetória de Vida”.

A verdade é que os primeiros registos do que hoje chamamos CV, surgiram há cerca de 3500 anos atrás no Antigo Egito. 

Poderás consultar um pouco da história do Curriculum Vitae no seguinte link: 

                                                                                  A História do Curriculum Vitae

 

O que é essencial no CV?

As características fundamentais que salientamos na elaboração de um CV são:

        – Ser de leitura fácil e acessível;

        – Ter até duas páginas;

        – Ser bem redigido;

        – Conter informação relevante.

O que não pode faltar no CV?

Dados pessoais

São “obrigatórios” os seguintes dados:

        – Nome;

        – Morada;

        – Telefone

        – Email;

        – Data de nascimento;

        – Nacionalidade.


Formação académica

Deves realçar a tua formação, começando pela mais recente e identificando a Escola/Centro/Universidade onde obtiveste a qualificação.

Caso tenhas realizado cursos adicionais, deverás incluí-los, desde que relevantes para o que te estás a candidatar.

Experiência profissional

Deve ser apresentada começando pela mais recente, identificando corretamente a tua função ou cargo. Atenção que se alguma experiência profissional que tenhas não se enquadrar para a candidatura, mais vale ocultá-la.

Caso não tenhas experiência profissional, podes fazer referência a experiência no estágio, trabalho de voluntariado, etc.

Domínio linguístico

Deves referir os idiomas que dominas, assim como referir o teu nível. Poderás fazer uma autoavaliação do teu nível utilizando o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (QECR).


Outras competências

É de extrema importância identificares algumas das tuas competências e explicar de que forma foram adquiridas.

Poderás consultar alguns exemplos de soft skills aqui.



Que ferramentas podes utilizar para fazer o CV?

Europass
Canva
pdfCV
cvmaker
Novo Resume

O que é proibido fazer quando elaboras o CV?

PROIBIDO NUM CV de EPRD

Mais informações

Podes sempre consultar a nossa página Erasmus+.
0

Erasmus
No mês de março, os nossos alunos e professores rumaram à Catânia (Itália) no âmbito do projeto Erasmus Partages d’lci et d’Ailleurs. A experiência foi enriquecedora pois permitiu conhecer outras realidades, trabalhar com outras culturas e praticar línguas estrangeiras.
De forma a permitir que toda a comunidade escolar conhecesse com mais detalhe esta experiência, as professoras responsáveis pelo projeto, juntamente com os seus alunos, criaram o “Erasmus Diary”. Este jornal online vai dar a conhecer as vivências das diferentes mobilidades pela voz de quem as experiencia e inspire os próximos alunos a participarem nos próximos projetos Erasmus. 

Consulta o Erasmus Diary aqui.
0

Erasmus

No âmbito do projeto Erasmus+ intitulado “Partages d´Ici et d´Ailleurs” que tem como língua oficial o Francês, os nossos alunos das turmas de Francês terão a oportunidade de realizar duas mobilidades no início do próximo ano.

 

 

O projeto Partages d´Ici et d´Ailleurs

 

O projeto intitulado Partages d´Ici et d´Ailleurs (Ka2; Projeto nº 2019-1-FR01-KA229-062231_1) tem como língua oficial o Francês e encontra-se a ser desenvolvido desde o ano letivo 2019/2020, período durante o qual as quatro escolas implementarão atividades orientadas para a análise e avaliação da imigração e a sua integração em sociedades culturalmente complexas e plurais a partir da experiência dos seus alunos.

Estes encontros articulam o desenvolvimento do projeto e proporcionam o intercâmbio de experiências presenciais entre professores e alunos das escolas participantes.

 

 

Mobilidades

 

Para o presente ano letivo estão previstas duas mobilidades para 8 alunos que frequentem a disciplina de Língua Francesa, nomeadamente:

1ª Mobilidade: Itália no período de 6 a 12 de fevereiro de 2022;

2ª Mobilidade: França no período de 1 de março a 9 de março de 2022.

 

 

Seleção dos alunos participantes

 

0 perfil dos participantes envolvidos é avaliado e definido de acordo com a tipologia do projeto aprovado em candidatura, sendo que apenas são candidatos os alunos que frequentem a disciplina de Língua Francesa.

As premissas a ter em conta no processo de seleção são várias, nomeadamente:

  1. Alunos que devido ao contexto familiar, social ou económico estejam impedidos de, autonomamente, realizarem qualquer viagem;

  2. Alunos com maturidade, perfil e capacidade de adaptação a projetos do tipo Erasmus+;

  3. Alunos que colaboram ativamente nas atividades extracurriculares da escola;

  4. Alunos com bom nível e fluência de língua francesa.

Importa ressalvar que não são admitidos neste projeto alunos com registo de ocorrências disciplinares.

 

 

Atividades e Prazos

 

Serão efetuadas atividades de preparação em dia e hora a designar que têm como objetivo o envolvimento e a criação de condições para que a mobilidade dos alunos seja o melhor possível, quer a nível pessoal, profissional e cultural.

 

De acordo com a informação já disponibilizada aos alunos que cumprem os requisitos para poder participar neste projeto Erasmus+, relembramos os seguintes prazos:

 

Até 2 de novembro de 2021: Preenchimento da inscrição através do formulário para o efeito e entrega da ficha de autorização de participação no projeto assinada pelo encarregado de educação.

 

Até dia 12 de novembro de 2021: Envio da carta de motivação e curriculum vitae.

 

Até dia 19 de novembro de 2021: Prova escrita e oral de Língua Francesa, em dia a anunciar;

 

Primeira semana de dezembro: Publicitação dos selecionados.

0

Erasmus

No presente ano letivo a Escola Profissional Raul Dória continua a dar continuidade a mais um projeto Erasmus, intitulado “Schools 4.0 – Innovation in Vocational Education”, desta vez pelas mãos das professoras Erica Marques e Daniela Martinho.

 

Recentemente foi publicada mais uma Newsletter, onde falámos um pouco sobre a adaptação da nossa Escola ao Ensino à Distância.

 

O projecto denominado “Schools 4.0 – Innovation in Vocational Education” nasceu de um conjunto de 5 escolas profissionais pertencentes à Rede de Escolas com Educação Profissional orientadas por investigadores do departamento do CEDH – Center for Human Development Studies que, informalmente, organizaram reuniões de reflexão sobre as mudanças de paradigma que devem existir na educação profissional para preparar os jovens para os desafios do século XXI e cujos itens estão delineados na Estratégia 2020.

 

Dada a importância desta matéria, convertida para aplicação imediata no contexto real de trabalho, espera-se que seja criado um quadro para repensar as práticas pedagógicas e identificar as mudanças a introduzir, para passarmos para uma escola do século XXI “School 4.0”, capaz de responder aos desafios atuais da Educação Profissional a nível europeu.

 

Para o efeito, será considerada como ponto de partida a referência que deu origem ao modelo inovador de educação profissional em Portugal, criado no início da década de 1990, no século XX, “A Estrutura Modular nas Escolas Profissionais” (GETAP, Ministério da Educação, 1993.

 

A Raul Dória gostaria de deixar um agradecimento especial aos nossos professores por todo o esforço e dedicação durante este período tão atípico e aos nossos alunos por se manterem unidos e colaborarem num ensino que nos colocou a todos à prova.

0

Erasmus

A Escola Profissional Raul Dória foi convidada no ano letivo transato para participar no concurso “Tell Us Your Story”, em que o objetivo era distinguir o vídeo mais original sobre o uso de tecnologias digitais durante o período de confinamento (devido à pandemia de COVID-19).

 

Este concurso foi lançado pelo projeto MINDtheGaps em parceria com a Associação Nacional de Professores e foi destinado a jovens entre os 15 e os 18 anos.

 

 

MINDtheGaps – Media Literacy Towards Youth Social Inclusion

 

O MINDtheGaps é um projeto ERASMUS + KA2 que visa contribuir para a promoção da igualdade de oportunidades de jovens em situação de vulnerabilidade social através do desenvolvimento de competências no domínio da literacia mediática.

 

Este projeto utiliza uma intervenção participativa baseada na formação em programação e desenvolvimento de recursos educacionais e multimédia para capacitar os jovens a desenvolver a literacia mediática, o pensamento crítico e a serem capazes de compartilhar conhecimentos e resolver problemas de forma colaborativa em parceria com os jovens (15 -18 anos) de outros países europeus, em contexto não formal.

 

Isto significa que o projeto está em consonância com a Nova Política Europeia da Juventude (2019-2027), uma vez que irá desenvolver formas novas e inovadoras para cumprir as prioridades que são definidas na política nacional e da União Europeia: Engajar, Conetar e Empoderar os jovens através da inovação, qualidade e reconhecimento do trabalho juvenil.

 

O impacto pretendido pelo MINDtheGaps é contribuir para o desenvolvimento de práticas inovadoras, tanto nos países dos parceiros como ao nível da União Europeia, para garantir “o direito à educação de qualidade e inclusiva, à formação e à aprendizagem ao longo da vida, a fim de manter e adquirir competências que permitam [a todos] participar plenamente na sociedade e gerir com sucesso as transições no mercado de trabalho” (Pilar Europeu dos Direitos Sociais, 2017).

 

Estão também em sintonia com os objetivos da Agenda Europa 2020, nomeadamente ao nível do ensino, contribuindo para a redução do abandono escolar precoce e para a diminuição dos níveis de pessoas em situação de pobreza ou exclusão social ou em risco e do número de NEETs.

 

O MINDtheGaps terá a duração de dois anos e é coordenado pelo Centro de Investigação e Intervenção Educativas (CIIE) / Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCEUP), reunindo parceiros da Bulgária, Espanha, Noruega e Turquia.

 

O consórcio é liderado por Angélica Monteiro e co-coordenado por Carlinda Leite. A equipa do CIIE é constituída ainda por Amélia Lopes, Preciosa Fernandes, Cristina Rocha, Sofia Marques da Silva e João Caramelo.

 

 

Menções honrosas para as alunas da Raul Dória

 

Durante o período de confinamento, as alunas Carolina Pinto e Joana Sousa do 1º ano do Curso Técnico de Turismo e as alunas Débora e Ana Catarina do 2º ano do Curso Técnico de Logística reuniram-se via Zoom com as professoras Erica Marques e Daniela Martinho com o objetivo de partilharem ideias com vista a participação no concurso Tell Us Your Story.

 

Rapidamente as alunas da Raul Dória puseram mãos à obra! Umas fizeram simulações com recurso ao Tik Tok, outras fizeram bandas desenhadas e outras pequenos vídeos. No entanto, como iriamos compilar tudo num único trabalho?



O regresso às aulas ditou o sucesso do vídeo, que resultou num grande reconhecimento para as nossas alunas e para a nossa escola através de duas menções honrosas.

 

Os nossos Parabéns às alunas envolvidas pelo empenho, criatividade e espírito de equipa, pois a verdade é que só dois nomes puderam entrar no concurso, mas o mérito é de todas!





0

Erasmus

A Escola Profissional Raul Dória está a participar num projeto de associação estratégica de intercâmbio escolar do programa Erasmus+ em conjunto com outras três escolas secundárias europeias:

  • Instituto de Educación Secundaria Profesor Martín Mirand (Santa Cruz de Tenerife, Espanha);

  • Ogec Lycée Sainte Cécile (Albi, Occitania, França);

  • Istituto Professionale di Stato Karol Wojtyle (Catania, Sicília, Itália).

 

O projeto intitulado Partages d´Ici et d´Ailleurs tem como língua oficial o Francês e será desenvolvido durante dois anos letivos (2019-2020 e 2020-2021), período durante o qual as quatro escolas implementarão atividades orientadas para a análise e avaliação da imigração e a sua integração em sociedades culturalmente complexas e plurais a partir da experiência dos seus alunos.

 

O que é o Erasmus+?

 

O Erasmus+ é o programa europeu que apoia a educação, a formação, a juventude e o desporto. Este programa dá a mais de quatro milhões de europeus a oportunidade de estudar, seguir uma formação e adquirir experiência no estrangeiro.

 

Para informações pormenorizadas sobre o Erasmus+, nomeadamente sobre os critérios de elegibilidade, consulte o Guia do Programa Erasmus+. Está igualmente disponível um guia de financiamento indicativo para algumas oportunidades centralizadas.

 

Em que consiste o projeto Partages d´Ici et d´Ailleurs

 

O projeto Partages d´Ici et d´Ailleurs  aborda e procura desenvolver as temáticas da imigração / emigração / refugiados e interculturalidade, refletindo e trabalhando também os subtemas da discriminação, racismo, paridade / igualdade e os estereótipos.

 

As turmas do 2º ano do Curso Técnico de Comércio e do 2º ano do Curso Técnico de Turismo estão a participar ativamente neste projeto.

 

Para este projeto foram projectadas quatro reuniões presenciais. A primeira decorreu no passado mês de janeiro, em Tenerife, na semana de 18 a 25, onde quatro alunos do Curso Técnico de Comércio da Raul Dória realizaram a sua primeira mobilidade para Espanha e conheceram pela primeira vez os colegas espanhóis, franceses e italianos, que, tal como eles, participam do projeto nos seus países. 

 

Estes encontros articulam o desenvolvimento do projeto e proporcionam o intercâmbio de experiências presenciais entre professores e alunos das escolas participantes. 

 

Todos os alunos dinamizaram e participaram nas atividades pedagógicas, culturais e linguísticas, previstas no projeto.

Convidamo-lo a visualizar alguns trabalhos:



0