pesquisa

Praça da República, 93 A
4050- 497 PORTO

projeto educativo

 

 
 UMA FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO 
  AS FINALIDADES DA EDUCAÇÃO/FORMAÇÃO
  

 

A Escola Profissional Raul Dória entende a educação como um processo integrado que, respondendo a necessidades sociais, visa o desenvolvimento global e harmonioso da personalidade dos educandos. Isso significa que não se trata de ordenar o indivíduo para a sociedade como se de mera peça da máquina social se tratasse, pressuposto oculto das visões funcionalistas da sociedade e da educação que rejeita. Trata-se antes de, no respeito pelas potencialidades, características próprias, motivações e projectos do aluno, desenvolver nele os valores, as capacidades e competências, os saberes e as atitudes capazes de lhe proporcionar a sua realização pessoal no sentido das correntes que a história da educação designou como humanistas e libertárias. Para a Escola Profissional Raul Dória a realização pessoal do indivíduo é inseparável da sua condição social, pelo que pressupõe a sua integração crítica na sociedade e a sua realização comunitária. Esta visão dialéctica das relações indivíduo-sociedade conduz-nos simultaneamente a assumir sem hesitações a formação para a vida activa enquanto educação especializada, razão de ser das escolas profissionais, e a integrá-la na educação geral (socialização, estimulação das potencialidades individuais) que igualmente assumimos de forma decidida. O cenário de mutações tecnológicas e organizacionais aceleradas e o processo de reorganização da economia, obrigando ao abandono do conceito de formação profissional como preparação unidireccional para um posto de trabalho, torna ainda mais defensável a perspectiva aqui assumida. Tem-se em vista, portanto a formação integrada do homem, do cidadão e do profissional que consciente dos seus direitos e munido dos saberes e do domínio das técnicas bem como dos instrumentos de apropriação de novos saberes e de novas técnicas possa contribuir com eficácia, simultaneamente, para o progresso económico e para a reabilitação de dimensão humana do trabalho, para a satisfação das necessidades sociais e para a realização de si e dos seus projectos de vida, seja capaz de inserir-se de forma produtiva e útil na sociedade e de ter dela uma visão crítica que fundamente uma prática social conducente à sua transformação progressiva, não esquecendo a dimensão cultural e artística decisiva para o reconhecimento e abertura a novas formas de expressão.

 

 

 

Coerentemente com a filosofia educativa que defendemos, estabelecem-se as seguintes finalidades que devem estar subjacentes a todas as decisões e as acções a levar a cabo por todos os agentes educativos da Raul Dória:

    a) contribuir para a formação integral do aluno, incluindo a sua preparação para a vida profissional, nomeadamente através do recurso às Unidades de Inserção na Vida Activa, que facilite realização própria e seja útil à sociedade;

    b) promover junto dos alunos os seguintes valores: o pluralismo ideológico, o associativismo, a solidariedade, o respeito nas relações entre pessoas e grupos sociais;

    c) promover nos alunos as seguintes atitudes e hábitos: responsabilidade, autonomia, auto-avaliação, de intervenção e participação democrática, de aceitação do outro, a livre troca de ideias e experiências, de crítica responsável e fundamentada, de trabalho;

    d) desenvolver nos alunos as seguintes capacidades: de trabalho em equipa, de iniciativa, criatividade, de análise e resolução de problemas, de concretização de teorias e projectos, de aprender a aprender, de adaptação ao uso da tecnologia, de leitura interpretativa e critica da realidade;

    e) desenvolver a capacidade para o trabalho e proporcionar uma sólida formação específica;

    f) promover um clima de participação democrática e pluralista pelo envolvimento de professores, alunos, pessoal não docente, encarregados de educação e parceiros sociais;

    g) assegurar o direito à diferença, mercê do respeito pelas personalidades e pelos projectos individuais de existência, bem como da consideração e valorização dos diferentes saberes e culturas;

    h) contribuir para a defesa da identidade nacional;

    i) desenvolver a solidariedade entre os povos do mundo.

 

PE- REGULAMENTO Ver PDF